Conheça a lista das coisas que Karl Lagerfeld mais odeia!

14 maio, 2015

karlAdoro saber curiosidades sobre celebridades ou designers que gosto. E, quem trabalha com moda sabe algumas coisas do diretor criativo da Chanel, Karl Lagerfeld. Sei que ele é super na dele e não gosta de ser ‘atormendado’ mas são coisas que escutei dizer. Escutar dele mesmo? O Glamurama fez uma matéria, mostrando tudo que saiu no blog Four Pins, que fez um trabalho minucioso o que o estilista odeia. Os responsáveis pelo blog ‘estudaram’ suas entrevistas desde 2002:

*Em junho de 2002, em entrevista para Larry King, na CNN: “Eu estava com 80 quilos, o mesmo peso que tinha aos 15 anos. Coloquei meu terno antigo Caracini e de repente parecia alguém do meu próprio passado. Eu odeio o meu próprio passado”.

*Em março de 2007 para “The New Yorker”: “Eu odiava a companhia de outras crianças. Queria ser uma pessoa adulta, para ser levado a sério. Odeio a ideia de infância”

*Em abril de 2008 para “Prestige”: “Não sou um viajante. Odeio viajar”

*Em abril de 2009 para “Interview”: “Não faço reuniões. Na Chanel não há reuniões. Na Chanel nós fazemos o que queremos, quando queremos e funciona. Na Fendi era o mesmo”

*Em março de 2010 para “Vice”: “Bem, eu odeio telefones”

*Em fevereiro de 2011 para “Savoir Flair”: “Odeio a véspera de Ano Novo! Acho terrível”

*Em fevereiro de 2011 para “Savoir Flair”. Sobre pessoas que olham para o passado em vez do futuro: “A última vez! Nunca há uma última vez! Eu odeio esse termo”

*Em agosto de 2011 para a “Vogue”: “Calça de moletom é um sinal de derrota. Você perdeu o controle da sua vida ao comprar calça de moleton”

Em março de 2012 para “Women’s Wear Daily”: Quando era criança, ele teve que comer arroz por vários dias para se recuperar de uma doença: “Eu odeio arroz. Depois do que passei, não poderia comer arroz outra vez na vida”

*Em março de 2012 para “Harper’s Bazaar”: “O que eu mais odeio é quando você tem que ficar de olho no relógio e se trocar com pressa para um jantar importante. Cada jantar é importante. Você nunca deve ficar sem um jantar, mas estou um pouco farto”

*Em setembro de 2012 para “M Magazine”: “Odeio manicures. Eu mesmo faço. Sou muito bom nisso. Não suporto alguém tocando meus dedos”

*Em setembro de 2014 para “Women’s Wear Daily”: “O que eu mais odeio na vida é selfies”

Em março de 2015 para “New York Mag” sobre a sua gata Choupette: “Ela odeia outros animais e odeia crianças”

Comente no Facebook

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *